“O momento exige atitudes e não paralisação”, afirma Juscelino Cabral

29
0
Na sessão desta semana, Juscelino Cabral questionou os critérios adotados pelo município para decretar lockdown e também apresentou indicações solicitando melhorias para diversas regiões de Dourados. Foto: Divulgação

Durante a sessão remota realizada na segunda-feira (31) pela Câmara Municipal de Dourados, o vereador Juscelino Cabral (DEM) protocolou requerimento, solicitando à Prefeitura de Dourados informações técnicas sobre decretação de lockdown por 14 dias no município.

Conforme o vereador do DEM, “o momento exige atitudes e não paralisação. Politizar a crise sanitária que estamos atravessando é, no mínimo, irresponsável. O diálogo seria uma alternativa para juntos chegarmos a um ponto comum no combate a pandemia do Coronavírus. O pequeno comerciante está temeroso quanto a eminente falência e isso se agrava durante o fechamento do comércio por duas semanas. O sistema de saúde agoniza. Não há abertura de leitos, contratação de médicos e auxiliares. E como está a questão dos kits de intubação e respiradores? Questionamento que precisam ser respondidos antes da medida radical da decretação do lockdown. Aonde vamos para?”, indagou Juscelino.

O parlamentar também solicitou ao município informações sobre os critérios técnicos utilizados para se decidir por tal medida e sobre a efetiva necessidade e eficácia de Dourados adotar o procedimento de fechamento quase que total do município.

Quanto à organização do sistema público de saúde, Juscelino justificou que “nosso município está há aproximadamente 78 dias sem secretário de saúde. Sabemos que a pasta está com secretário interino, mas diante do contexto, Dourados precisa de um secretário de saúde com uma qualidade técnica, pois infelizmente vidas foram ceifadas e a estrutura de saúde em colapso, e de quem é a culpa?”, ressaltou.

INDICAÇÕES

Na oportunidade, o vereador Juscelino encaminhou ainda indicações à Secretaria Municipal de Obras Públicas, solicitando a execução de serviços de reforma e manutenção da estátua do Colono e da Bíblia na Praça Antônio João. O democrata também solicitou à Secretaria Municipal de Serviços Urbanos a realização de serviços de manutenção e melhorias na iluminação pública no trecho que compreende o prolongamento da avenida Hayel Bon Faker até o trevo da Bandeira (acesso a BR-163). Já para a Agetran, Juscelino pediu a implantação de sinalização vertical na rua Tatsuo Suekane, próximo ao Detran.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here